Cronologia do Período Joanino

1808 1809 1810 1811 1812 1813 1814 1815 1816 1817

1818 1819 1820 1821 1822

 

1808

 

BRASIL

17 de Janeiro – Chegada do brigue “Voador”, com a notícia da vinda da família real e da corte portuguesa para o Brasil.

22 de Janeiro – Chegada da família real e da corte portuguesa a Salvador.

28 de Janeiro – O príncipe regente ordena a abertura dos portos do Brasil ao comércio e à navegação das nações amigas, por meio de carta régia.

7 de Fevereiro - Criação dos cargos de cirurgião-mor e físico-mor do Reino, Estados e Domínios Ultramarinos.

18 de Fevereiro – Criação da Escola de Cirurgia da Bahia.

7 de Março – Chegada da família real e da corte portuguesa no Rio de Janeiro.

11 de Março – Com a nomeação de seus titulares, são instalados no Brasil o Erário Régio, a Secretaria de Estado dos Negócios Estrangeiros e da Guerra e a dos Negócios da Marinha e Domínios Ultramarinos para as quais foram designados, respectivamente, d. Fernando José de Portugal, conde de Aguiar, d. Rodrigo de Sousa Coutinho, conde de Linhares, e João Rodrigues de Sá e Melo Meneses e Souto Maior, conde de Anadia.

1º de Abril - Criação do Conselho Supremo Militar e de Justiça.

1º de abril – Alvará revoga a proibição da instalação de fábricas e manufaturas no Brasil e demais domínios ultramarinos.

2 de Abril – Criação da Escola Anatômica, Cirúrgica e Médica do Rio de Janeiro pelo decreto de 02 de abril de 1808, que estabelece uma cadeira de anatomia no hospital.

7 de Abril -  Decreto de 7 de abril de 1808 cria o Real Arquivo Militar.

22 de Abril – Criação do cargo Chanceler-Mor/ Chancelaria-Mor  do Estado do Brasil e da Mesa do Desembargo do Paço e da Consciência e Ordens.

1° de Maio – Manifesto do príncipe regente d. João, declarando guerra à França.

5 de Maio - Decisão n.9 cria a Real Academia dos Guardas-Marinhas.

9 de Maio -  Criação do Registro Geral das Mercês pelo alvará de 9 de maio de 1808, que cria o ofício de escrivão do meirinho da Real Câmara no Registro das Mercês.

10 de Maio – Alvará de 10 de maio de 1808, cria o cargo de intendente-geral da Polícia da Corte e do Estado do Brasil, e transformação da Relação do Rio de Janeiro em Casa de Suplicação.

13 de Maio – Diferentes decretos criam o posto de almirante-general da Marinha, de Inspetor-Geral de Artilharia da Corte e Capitania do Rio de Janeiro, o Arsenal Real da Marinha, a Real Fábrica e Pólvora e a Impressão Régia.

21 de Maio – Decreto de 21 de maio de 1808 cria a Botica Real Militar, anexa ao Hospital Real Militar da corte do Rio de Janeiro .

13 de Junho – Decreto de 13 de junho de 1808, manda tomar posse do engenho e terras denominadas de Lagoa Rodrigo de Freitas, criando o Jardim Botânico.

15 de Junho - Início da circulação do Correio Braziliense ou Armazém Literário, de Hipólito José da Costa, em Londres.

27 de Junho – Criação da Junta de Lançamento da Décima Urbana e criação de dois juízes do Crime, responsáveis pela execução das ordens do intendente-geral de Polícia da Corte e do Estado do Brasil.

28 de Junho – Confirmando a determinação de 11 de março, um novo alvará estabelece novos órgãos ligados ao Erário Régio, como a Mesa do Erário Régio, a Contadoria-geral, a Tesouraria-Mor e o Conselho da Fazenda.

29 de Junho – Criação do Tribunal da Junta da Bula Cruzada pelo decreto de 29 de junho de 1808, que nomeia comissário da Bula Cruzada no Brasil.

23 de Agosto -  Alvará de 23 de agosto de 1808 cria o Tribunal da Real Junta de Comércio, Agricultura, Fábricas e Navegação.

31 de Agosto – Decreto de 31 de agosto de 1808 cria a Administração da Fazenda de Santa Cruz .

1° de Setembro – Alvará de 1° de setembro de 1808 determina circulação no Brasil de moedas de ouro, prata e cobre e proibição da circulação de ouro em pó.

5 de Setembro – Decreto de 5 de setembro cria a Diretoria e Administração da Extração Diamantina.

12 de Outubro – Alvará de 12 de outubro de 1808 cria o Banco Nacional .

7 de Novembro – Decisão n.48, de 7 de novembro de 1808 cria a Junta de Fazenda da Marinha.

10 de Novembro – Decisão de 10 de novembro de 1808 cria a Junta de Fazenda da Paraíba.

22 de Novembro – Decisão n.53, de 22 de novembro cria e aprova o regulamento provisional da Administração-Geral do Correio.

25 de Novembro – Decreto de estímulo à imigração e permissão para a concessão de sesmarias a estrangeiros.

MUNDO

Janeiro – Proibição do tráfico de escravos nos Estados Unidos.

Fevereiro – Napoleão decreta, oficialmente, a extinção da dinastia de Bragança e o general Junot substitui a regência portuguesa por um Conselho de Governo.

Maio – Levantes contra os franceses na Espanha.

Junho – José Bonaparte é nomeado rei da Espanha.

Agosto – Tropas britânicas, comandadas por Arthur Wellesley, desembarcam em Portugal, recebendo o apoio popular.

Agosto- Batalha da Roliça, entre as tropas francesas e luso-britânicas, em Portugal.

Agosto -Batalha do Vimeiro, que marcou a retirada das tropas francesas, derrotadas, de Portugal.

Agosto – Convenção de Sintra, armistício assinado entre Inglaterra e França no palácio de Queluz que encerrou a primeira invasão francesa.

Setembro – A maior parte do Exército francês retira-se de Lisboa.

Setembro – Restabelecimento da regência portuguesa em Lisboa com apoio britânico.

Dezembro – Chegada do ministro plenipotenciário britânico, John Charles Villiers, a Lisboa.