Cronologia do Período Joanino

1808 1809 1810 1811 1812 1813 1814 1815 1816 1817

1818 1819 1820 1821 1822

 

1822

 

BRASIL

9 de Janeiro - Dia do Fico, em que d. Pedro afirma sua decisão de permanecer no Brasil apesar das ordens das Cortes Gerais e Extraordinárias da Nação Portuguesa.

9 de Janeiro – Jorge de Avilez Juzarte de Sousa Tavares, comandante das Armas da Corte e província do Rio de Janeiro, à frente dos soldados portugueses, toma posição no Morro do Castelo e no litoral da cidade do Rio de Janeiro, contra o príncipe regente d. Pedro.

16 de Fevereiro – Decreto de 16 de fevereiro de 1822 cria o Conselho de Procuradores-Gerais das Províncias do Brasil.

2 de Maio – Decreto de 2 de maio estabelece que a Secretaria de Estado dos Negócios Estrangeiros e da Guerra é desmembrada em duas, ficando a repartição dos negócios estrangeiros subordinada, imediatamente ao ministro e secretário de Estado dos Negócios do Reino.

4 de Maio – Através da Decisão de 4 de maio fica proibido a aplicação de qualquer medida das Cortes de Lisboa sem o “cumpra-se” de d. Pedro.

23 de Maio – Confronto entre tropas portuguesas e brasileiras na Bahia.

3 de Junho – Decreto de 3 de junho  convoca uma Assembleia Constituinte para o Brasil.

13 de Junho – Através do decreto de 13 de junho d. Pedro é aclamado com o título de Defensor Perpétuo do Brasil.

3 de Julho – Decreto de 3 de Julho cria a Secretaria de Estado dos Negócios da Justiça (em breve).

1º de Agosto – Decreto de 1º de Agosto proíbe o desembarque de tropas portuguesas no Brasil.

7 de Setembro – Proclamação da independência do Brasil por d. Pedro às margens do rio Ipiranga, próximo a São Paulo.

15 de Setembro – D. Pedro se apresenta ao público no Teatro São João trazendo no braço um lenço verde e amarelo.

18 de Setembro – Criação dos símbolos nacionais por d. Pedro, através do decreto de 18 de setembro

12 de Outubro -  Aclamação do imperador d. Pedro I.

10 de Novembro – Benção das novas bandeiras do Brasil e distribuição aos corpos de guarnição do Rio de Janeiro.

1º de Dezembro – Coroação e sagração do imperador d. Pedro I.

 

MUNDO

Maio - Independência do Equador.

Setembro – Congresso de Verona, reunião dos países integrantes da Santa Aliança em que o assunto principal foi a crise espanhola e as condições para uma intervenção a fim de se restabelecer a autoridade de Fernando VII, 20 de setembro.

Dezembro – Juramento da Constituição portuguesa por d. João VI.